Terça-feira, 27 de junho de 2017

« voltar

14/06/2017 - 14h26 / Atualizada 14/06/2017 - 14h28



Comissão divulga resultado da eleição para CIPA


por Assessoria de Imprensa

 A Comissão Eleitoral constituída para conduzir o processo de eleição dos integrantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da UEPG publicou, nesta quarta-feira, o resultado da votação realizada nos dias 12 e 13 de julho. Como representantes titulares froam eleitos os servidores Jucélia de Fatima dos Anjos (267 votos); Roselene de Oliveira Leffler (241); Wilson Alves de Moraes (165); João Maria Teixeira (78); e Josemary Aparecida de Souza (64). Ficam na suplência, os servidores Angela Maria de Oliveira (61); Hudson André Batista dos Santos (61); Guilherme de Almeida Souza Tedrus (59); e Anderson Marcos Mendes (25).

Do total de 2080 eleitores, 1.323 participaram do processo. Desses, registrou-se 1.038 votos válidos; 145 votos em branco; 140 votos nulos; e 757 abstenções. O servidor que por motivo de força maior não participou do exercício do voto, deverá apresentar justificativa junto à Pró-Reitoria de Recursos Humanos – PRORH. A ficha para a justificativa está disponível em http://pitangui.uepg.br/eleicao/editais_cipa/2017/justificativa_de_ausencia_CIPA.pdf.

ATRIBUIÇÕES DA CIPA

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a torná-lo permanentemente compatível com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. Entre várias atribuições, tem como missão identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o respectivo mapa, com a participação do maior número de trabalhadores e a assessoria da Seção de Segurança do Trabalho; e elaborar plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho

Cabe à CIPA ainda participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação das prioridades de ação nos locais de trabalho; realizar, periodicamente, verificações nos ambientes e condições de trabalho visando a identificação de situações que venham a trazer riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores; realizar, a cada reunião, avaliação do cumprimento das metas fixadas em seu plano de trabalho e discutir as situações de risco identificadas; divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança e saúde no trabalho; e participar, com a SESETRA, das discussões promovidas pelo empregador, para avaliar os impactos de alterações no ambiente e processo de trabalho relacionados à segurança e saúde dos trabalhadores.

Tem ainda a obrigação de requerer, à SESETRA ou à Reitoria, a paralisação de máquina ou setor onde considere haver risco grave e iminente à segurança e saúde dos trabalhadores; colaborar no desenvolvimento e implementação do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA e de outros programas relacionados à segurança e saúde no trabalho; e divulgar e promover o cumprimento das Normas Regulamentadoras, bem como cláusulas de acordos e convenções coletivas de trabalho, relativas à segurança e saúde no trabalho.

Em conjunto com a SESETRA ou SESMT, deve também proceder à  análise das causas das doenças e acidentes de trabalho e propor medidas de solução dos problemas identificados; analisar as informações sobre questões que se refiram à segurança e saúde dos trabalhadores; promover, anualmente, em conjunto com a SESETRA, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – SIPAT; e participar, anualmente, em conjunto com a UEPG, de campanhas contra o alcoolismo, de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, inclusive a AIDS, entre outras.

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG