Terça-feira, 22 de agosto de 2017

« voltar

10/08/2017 - 13h57 / Atualizada 10/08/2017 - 16h37



Historiador formado pela UEPG lança livro


Matheus Machado Vieira lança a obra Viciadas e Perversas ou Honestas e Respeitosas? A moral feminina para a igreja católica e a justiça, que trata da trajetória de mulheres reais, e católicas, que viveram em Ponta Grossa em 1940


por Marilia Woiciechowski

O profissional formado em História pela UEPG (2004-2008), Matheus Machado Vieira, registra a cerimônia de lançamento do livro “Viciadas e Perversas ou Honestas e Respeitosas? A moral feminina para a igreja católica e a justiça” (Editora Prismas), em 25 de agosto, no Auditório da Vila Getúlio – Espaço II (Avenida Presidente Getúlio Vargas, 937 – Rebouças) – Curitiba - PR. A obra tem orientação na dissertação de mestrado “Viciadas e perversas ou honestas e respeitosas? – a representação do matrimônio, da mulher e da família no discurso religioso e judiciário: Ponta Grossa (1930-1945), com defesa, em 2014, na UFPR (Universidade Federal do Paraná).

Doutorando em História também na UFPR, Matheus Vieira relata, na obra, a trajetória de Erondina, Maria, Vitória e Verônica, mulheres reais, católicas, que viveram em Ponta Grossa, interior do Paraná, na década de 1940. No resumo de apresentação da obra, a jornalista Eamanuelle Adacheski escreve que as mulheres se viram envolvidas em processos criminais por transgredirem os modelos femininos de comportamento vigentes: fizeram sexo antes do casamento, saíram da casa do marido, traíram. A jornalista pontua que o autor registra uma análise profunda e fundamentada e faz a conexão entre esses casos reais e a penetração do discurso da igreja católica sobre a mulher na justiça que as julgou.

Também revela as táticas utilizadas por essas mulheres que, cada uma a seu modo, “tentam burlar o domínio instituído e o poder a que são submetidas”. A jornalista observa que, calcado na análise do discurso e lançando mão de conceitos como representações e tática, o historiador Matheus Machado Vieira empreendeu um trabalho de fôlego cujo interesse ultrapassa o âmbito local. “A clareza do texto, o arcabouço teórico, bem como o interesse humano despertado pelos casos apresentados fazem de “Viciadas e Perversas ou Honestas e Respeitosas”, obra prolífica para pesquisadores e apreciadores da história cultural, dos estudos de gênero, dos discursos e da religião”. Emanuelle Adacheski ressalta que o estudo presente no livro revela que “o domínio existe, mas a resistência e a tática indubitavelmente marcam sua presença no cotidiano do dominado”.
 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG