Terça-feira, 22 de agosto de 2017

« voltar

11/08/2017 - 08h30 / Atualizada 11/08/2017 - 11h41



Congresso Técnico da Apiesp discute autonomia universitária


por Assessoria de Imprensa

O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, esteve presente no Congresso Técnico (Foto: Márcio Nei)

Aldo Bona, reitor da Unicentro e presidente da Abruem, e Luciano Sant’anna, reitor da UEPG e presidente da Apiesp (Foto: Márcio Nei)

A Associação Parananense das Instituições de Ensino Superior Público (Apiesp) promoveu no Campus Santa Cruz da Unicentro o II Congresso Técnico da entidade, com o objetivo de discutir o tema da autonomia universitária. A programação do evento contou com a palestra de Marcus Tomasi, reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Em sua fala o professor discorreu sobre a autonomia universitária a partir da experiência da própria Udesc que, em 1991, adotou o novo modelo de gestão. “Hoje nós temos uma condição de autonomia, sobretudo, orçamentária e financeira. Foi todo um trabalho de mobilização, assim como eu percebo que aqui, e em outras instituições estaduais, está ocorrendo”.

Outro convidado que trouxe uma experiência de autonomia universitária foi o reitor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), professor Sandro Valentini. Ele explicou que as três universidades estaduais paulistas – USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade de Campinas) e Unesp – foram as primeiras instituições de ensino superior públicas do Brasil a adotar o sistema, ainda na década de 1980. “Nós conquistamos autonomia universitária em 1989. Ou seja, a autonomia é prevista na Constituição Federal de 1988 e já em no ano seguinte, por um decreto do Governador a época, nós já a havíamos conquistado”, explica Sandro.

O evento realizado na Unicentro é um desdobramento do I Congresso Técnico da Apiesp, promovido em 2015 na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Na ocasião, foi aprovada a criação de nove câmaras temáticas com o objetivo de aproximar as experiências das sete universidades públicas estaduais paranaenses. Agora, durante o II Congresso, as câmaras foram instaladas e os representantes se reuniram para definir de que maneira os trabalhos serão desenvolvidos.

O reitor da Unicentro e atual presidente da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), professor Aldo Nelson Bona destacou que a ideia de instalar câmaras técnicas na Apiesp partiu de uma experiência bem sucedida na própria entidade nacional. “As câmaras são uma forma de fazer com que o trabalho das nossas universidades aproximem-se cada vez mais, as experiências sejam cada vez mais compartilhadas e, dessa forma, possamos fortalecer e qualificar cada vez mais o nosso sistema”, ressaltou. Dentre as nove câmaras, a Unicentro fica com a coordenação de duas, a de Relacionamento com a Mídia e, também, a de Administração, Finanças e Legislação.

Quem também participou e acompanhou de perto as discussões foi o Secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, João Carlos Gomes. Ele destacou a importância da Apiesp promover um evento sobre a autonomia universitária e elencou como um dos principais desafios definir um modelo que contemple as expectativas do governo, das universidades e também da sociedade. “O nosso sistema é diferente de todos os outros sistemas estaduais do Brasil. A nossa capilaridade, o número de universidades estaduais, o tamanho do nosso sistema, ele é complexo. Então, o grande desafio, nesse momento, é definir qual o modelo. Por isso, a discussão que nós estamos iniciando hoje aqui”, argumentou.

O presidente da Apiesp, reitor Carlos Luciano Sant’Anna Vargas, enfatizou que o congresso é uma oportunidade de reunir os representantes das universidades públicas estaduais para encaminhar, da melhor maneira possível, questões de grande interesse para as instituições de ensino superior e para a sociedade paranaense. “Em tempos de crise, nós, enquanto entidade representativa, temos que assumir papeis de mais relevância. Nós temos que, com o apoio dos reitores, dar os encaminhamentos a essas questões todas e isso faz com que a gente tenha que assumir mais responsabilidades. Por isso, a importância de nós estarmos reunidos e aproveitarmos a oportunidade para ter uma visão melhor da forma de encaminhamento dessas questões todas”, explicou.

 

Congresso Técnico da Apiesp  discute autonomia universitária

Atualmente, no Brasil, apenas as universidades estaduais de São Paulo e a Udesc exercitam a chamada autonomia universitária. Experiências das décadas de 1980 e 1990 que podem auxiliar no desenho do novo modelo que poderá vir a ser adotado pelo estado do Paraná. “Acho que essa discussão é um exercício muito importante. Deixo os meus parabéns para os organizadores. Coletar sugestões em um debate como esse é fundamental pra que se desenhe um modelo bastante interessante aqui para o estado”, declarou o reitor da Unesp, Sandro Valentini.

Veja AQUI mais fotos do evento.

fonte: www.unicentro.br


 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG