Quinta-feira, 21 de setembro de 2017

« voltar

31/08/2017 - 09h45 / Atualizada 31/08/2017 - 10h26



UEPG perde o professor e maestro Gabriel de Paula Machado


por Carlos Alberto Mayer

A comunidade de Ponta-Grossense e da Universidade Estadual de Ponta Grossa perdem o professor e maestro Gabriel de Paula Machado, um dos mais ilustres filhos desta terra. O eminente mestre faleceu nesta data em sua residência aos 93 anos, deixando viúva a professora e pianista Rita Maria Monteiro Machado e as filhas Ana Maria, Estela Maria e Cristina. Gabriel foi fundador e professor titular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, que, junto com a outras faculdades, deu origem à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Foi, mais tarde, professor e primeiro chefe do Departamento de Análises Clínicas.

Na UEPG exerceu vários cargos didáticos-administrativos desde sua fundação até dezembro de 1995. Bem antes, em 1962, após ouvir apresentação do Coro da Universidade Federal do Paraná (UFPr), convocou ex-cantores dos coros da Catedral de Sant´Ana para organizar um coral que pudesse ofertar a Ponta Grossa música de boa qualidade e, assim foi criado o Conjunto de Vozes Madrigal que, na década de 1960, além dos concertos locais apresentou-se no Teatro Municipal de São Paulo, e nos programas televisivos SS Show, Bibi Ferreira, e no Auditório do Jornal ‘A Folha de São Paulo’.

O Madrigal apresentou-se também em Curitiba e cidades do Estado de Santa Catarina. Após oito anos de intensas atividades o conjunto se dissolveu por decisão unânime. A última apresentação aconteceu no Cine-Teatro Ópera, numa conferência do Padre Charbonneau, promovida pelo curso de Educação, da Faculdade de Filosofia. Nos anos 1970, acompanhou a "Barca da Cultura" no Rio São Francisco, sob coordenação do ator, poeta e teatrólogo Paschoal Carlos Magno e promoção cultural do Ministério da Educação (MEC), junto ao "O Grupo". Em 1977, o então Reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Odeni Villaca Mongruel, sugeriu ao Professor Gabriel que fundasse o Coral da UEPG ancorado no Conjunto de Vozes Madrigal.

Enquanto regente do coro desenvolveu importante projeto, o primeiro no país, que colocou o Canto Coral como opção de disciplina na Prática Desportiva e de Lazer do projeto pedagógico da instituição. O maestro atuou por 18 anos como regente do Coral da UEPG, e fez mais de 500 apresentações no Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Alcançado pela aposentadoria compulsória em 1995, se viu impelido a deixar suas atividades na UEPG, bem como o Coral que tanto amava. Em 2002, tornou-se realidade um grande sonho seu, com a criação do Curso Superior em Música da UEPG, cuja biblioteca leva seu nome.

Católico praticante, Gabriel trabalhou ativamente em movimentos religiosos promovidos pela Diocese de Ponta Grossa. Coordenou o Movimento Familiar Cristão (MFC) diocesano, dedicando-se, principalmente, aos Encontros de Noivos e de Casais, Encontros Familiares nacionais e internacionais, também em Cursilhos de Cristandade, Conselho de Leigos do Regional Sul 2 e de Vocações Sacerdotais. Era irmão do saudoso padre Paulo Xavier Machado. Foi pianista da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa por 10 anos. O corpo de Gabriel de Paula Machado está sendo Velado na Capela Mortuária São Francisco e será sepultado nesta sexta-feira, (1º/09), às 10h, em cemitério a ser definido pela família. 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG