Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

« voltar

10/10/2017 - 14h50 / Atualizada 10/10/2017 - 17h04



Museu volta a funcionar em prédio do antigo fórum


O horário de funcionamento do museu é de terça à domingo das 8h até ás 17h.


por Assessoria de Imprensa

O Museu Campos Gerais da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) retoma a promoção de exposições no antigo Fórum da Comarca de Ponta Grossa, sede do museu até 2003. Esse marco foi comemorado em solenidade na noite da última quinta-feira (5), com abertura da exposição do acervo de Cândido de Mello Neto, lançamento da 3ª edição do livro ‘Anarquismo experimental de Giovani Rossi (Cândido de Mello Neto) e a celebração dos 20 anos de fundação da Editora UEPG, com homenagem à professora Leide Mara Schmidt (vice-reitora na gestão Roberto Frederico Mehry -1994/1998/1998-2002).

Segundo o diretor do Museu, professor Paulo Eduardo Dias de Mello (Departamento de História), a reabertura do espaço no prédio do antigo Fórum da Comarca é resultado de muito trabalho e planejamento junto vários órgãos da universidade. "Houve um esforço coletivo, desde a Reitoria e todos os funcionários, para que o museu se tornasse novamente um espaço acolhedor para Ponta Grossa", ressalta.

Além da restauração, foram executados serviços de recomposição das instalações elétricas, preservando-se ao máximo possível as características originais da construção, que data do início do século XX e, ainda, as instalações de prevenção a incêndios e segurança do público, conforme normas do Corpo de Bombeiros.

Construído em local estratégico do ponto de vista social, econômico e político, o prédio do antigo Fórum da Comarca foi inaugurado em 1928. Marcado por um estilo arquitetônico eclético exibe uma fachada característica da época. No interior destacam-se os detalhes da escadaria e o trabalho de relevo no teto. A arquitetura exprime na materialidade uma afirmação da autoridade e do Poder Judiciário.

De 1983 a 2003, abrigou o Museu Campos Gerais da UEPG. Em 1990 foi tombado pela Coordenadoria do Patrimônio Cultural do Paraná. Em 2003 foi desativado devido a problemas em sua estrutura, transferindo todo o acervo do museu para o prédio vizinho da antiga sede do Banco do Estado do Paraná (Banestado). O projeto de restauro foi aprovado em 2010, com captação de recursos via Lei Rouanet.

HOMENAGENS

Na mesma solenidade se comemorou o os 20 anos da Editora da UEPG, que em 2015 ganhou o Prêmio Jabuti, com o livro Imagem Contestada, de autoria de Karina Janz Woitowicz. Desde 2017 a editora participa da Rede Scielo Books, que visa a publicação online de livros acadêmicos com o objetivo de maximizar a visibilidade, acessibilidade, uso e impacto das pesquisas, ensaio e estudos.

Afiliada à Associação Brasileira de Editoras Universitárias, distribui livros para todas as livrarias universitárias do país e faz divulgação de suas obras em feiras nacionais e internacionais. Parte do catálogo da Editora UEPG está disponível para acesso gratuito no site http://books.scielo.org/.

A comemoração foi marcada pela exposição e lançamento da terceira edição do livro O "Anarquismo Experimental de Giovanni Rossi", do autor Candido de Melo Neto. "Nós não poderíamos comemorar de maneira mais especial os 20 anos da nossa editora, se não trazendo novamente o primeiro livro com o selo Editora UEPG, que agora está em sua terceira edição", diz a diretora da Editora da UEPG, professora Lúcia Cortes da Costa (Departamento de Serviço Social).

A Editora ainda foi lembrada no discurso da professora Leide Mara Schmidt, homenageada pela pró-reitora Marilisa do Rocio Oliveira. Segundo a professora, a criação da Editora UEPG não nasceu de uma vontade simples de ter uma editora na universidade. “Era uma época em existia grande estimulo para que os professores se qualificassem, produzissem e pesquisassem, diz. "A universidade estava almejando a criação dos seus primeiros mestrados e visava o envolvimento do corpo docente em projetos necessários para que fossem criados esses cursos" conta. Leide Mara Schmidt recebeu uma placa em agradecimento por suas contribuições à comunidade acadêmica.

O evento registrou a participação do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes; do reitor Carlos Luciano Sant'Ana Vargas; da vice-reitora, Gisele Alves de Sá Quimelli; do presidente da Fundação Cultural de Ponta Grossa, Fernando Durante; do presidente da Academia Ponta-Grossense de Letras, Luis Fernando Cheres; de autoridades universitárias, familiares de Cândido de Mello Neto; e convidados da comunidade universitária e do meio cultural ponta-grossense.

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG