Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

« voltar

04/12/2017 - 16h15 / Atualizada 04/12/2017 - 16h24



Biologia apresenta Insustentável Leveza da Microbioma


por Assessoria de Imprensa

O espaço ExpoSebisa, do Setor de Ciências Biológicas e da Saúde (Sebisa) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) recebeu, na quinta-feira (30), a mostra ‘A Insustentável Leveza da Microbioma’, promovida pelo curso de bacharelado em Ciências Biológicas. A exposição foi coordenada pelo professo Marcos Pileggi, do departamento de Biologia Estrutural Molecular e Genérica.

De acordo com o professor Pileggi, há uma percepção, muito comum entre pessoas leigas, de que bactérias são perigosas. Esta percepção também existe entre profissionais envolvidos com saúde e agropecuária, o que leva a estratégias que aumentam a pressão seletiva, como o uso de antibióticos e agrotóxicos, o que leva a piramidação de sistemas de resistência em bactérias aos biocidas.

Microbiomas são comunidades de microrganismos associados a ecossistemas, como o solo e o corpo humano, compartilhando metabolismos, cooperando, mas também competindo por recursos. O estudo de microbiomas leva em conta aspectos evolutivos e ecológicos, utilizando abordagens denominadas de ômicas, podem levantar os dados necessários para a construção de estratégias para manutenção da saúde humana e de outros ecossistemas, por meio da seleção e manutenção da diversidade de microbiomas funcionais.

Portanto, conforme o professor, o objetivo desta Mostra, denominada de ‘Insustentável Leveza do Microbioma, é discutir alguns estudos que sugerem novas abordagens moleculares no estudo da biodiversidade e funcionalidade de Microbiomas frente a doenças como câncer, diabetes, obesidade, entre outros. O título desta mostra resgata a ideia do livro denominado "A Insustentável Leveza do Ser", de Milan Kundera, neste caso se pudéssemos comparar como poderia ser a saúde humana se tivéssemos optado pela diversidade bacteriana para combater doenças ao invés de utilizar "balas mágicas", como os antibióticos e biocidas.

A mostra teve apoio do Sebisa. De acordo com a diretora do setor, Fabiana Postiglione Mansani, foi possível compreender a importância da microbiota da flora intestinal, no contexto de saúde e de doença, através da apresentação de cunho científico, com informações atuais e publicadas nas mais importantes revistas mundiais.

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG