Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

« voltar

04/12/2017 - 16h28 / Atualizada 04/12/2017 - 16h34



Agrícola e Senar finalizam curso sobre precisão na agricultura


Os trabalhos foram desenvolvidos por alunos do terceiro ano do Colégio Estadual Augusto Ribas (CAAR) no curso Monitor em Precisão na Agricultura ofertado através da parceria entre a UEPG e o Senar-Paraná


por Marilia Woiciechowski

Com a apresentação do resultado da observação prática em atividades em propriedades rurais, os alunos do terceiro ano do Colégio Estadual Augusto Ribas (CAAR) encerraram, nesta segunda-feira (4 de dezembro), a participação nos cursos da edição 2017 do Projeto de Monitoria Precisão na Agricultura. Trata-se da presença em cursos ofertados através da parceria entre a UEPG e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-Paraná). Os alunos têm a oportunidade da qualificação dentro das linhas do programa Jovem Agricultor Aprendiz (JAA). Neste espaço, recebem orientações de instrutores que trabalham diferentes temas estruturados por módulos - e que atendem aos objetivos do JAA: preparar a nova geração do campo.  

Temas e Seleção

Ao longo da tarde houve a apresentação de três trabalhos com exposição de 20 minutos cada tema. A primeira equipe tratou do tema Planejamento conservacionista de uma propriedade com produção de grãos e tabaco (Gabriel Wellinton Denck Ferreira, Douglas Santana, Gabriel Cassiano Orloviski, Maria Jacinta Taras, Melina Symoneck da Cruz). Na sequencia entrara os temas Sistema de produção: estudo de caso da gleba de produção comercial da Fazenda Escola da UEPG (Anna Cecilia Stremel, Caio Pierini Amorim, Jeniffer Lauber, João Paulo Amaral Ferreira Correia, Ketelen Naiverth de Oliveira); e o Levantamento da capacidade de uso de uma propriedade com o cultivo de grãos e oleaginosas (Eduarda Aparecida Rubik, Francisco Tullio Carneiro, Gabrielle Mara Galvão, Matheus Lineu de Meira, Rodrigo Modesto Rodrigues).

O curso de 280 horas/aula contou com a participação de 15 alunos que foram selecionadas entre os 80 matriculados nas terceiras séries da formação em Técnico em Agropecuária do CAAR. A seleção considerou três quesitos: comportamento; notas nas disciplinas técnicas; e notas no estágio. As horas destinadas ao curso atendem os preceitos básicos para que os alunos possam dar sequencia na aplicação voltada à agricultura de precisão, segundo o professor João Alfredo dos Santos, da equipe de instrutores do programa Monitor de Precisão na Agricultura. Diz que o curso visa apresentar resultados que atendam às demandas de possíveis contratantes de áreas da agricultura. O professor enfatiza que a edição deste ano traz em sua oferta os resultados positivos do trabalho dos alunos participantes em 2016.

Temas para o Produtor

Para o diretor do CAAR, Jail Bueno, a apresentação final dos trabalhos realizados no âmbito do curso tem o sinal: “Missão dada, missão cumprida”. Agradeceu a parceria com o Senar e a dedicação dos alunos em todas as suas fases e atividades. O diretor enfatizou a dinâmica do curso que traz conteúdos a partir de técnicas científicas de fácil aplicação e entendimento para a área. Jail considera que nesse esforço está a presença qualificada da equipe Senar que focaliza cursos específicos para demandas específicas da agricultura. “Nossos alunos ganham muito na participação no curso e em atender os desafios de cada edição da parceria com o Senar”,  diz o diretor, acrescentando que “o que se posiciona sempre é que o aluno entre no projeto e permaneça até o fim e se dedique ao máximo em suas exigências”. Ainda enfatizou a necessidade de prevalecer sempre a humildade com a ética, respeito e vontade de crescer. “É preciso estudar o tempo todo e ao longo da vida. Aprender nunca é demais. Vocês são alunos de Ponta Grossa e região que se qualificam para levar conhecimentos adequados até o produtor”.

Momento Significativo

O coordenador técnico do Senar, Eduardo Gomes, disse que a preocupação na oferta do curso é que os participantes consigam aplicar e agregar conhecimentos que serão somados a outros adquiridos ao longo de sua formação no Colégio Agrícola. Também destacou a presença dos instrutores que tornam possível para os alunos avançar e registrar resultados sempre melhores durante a realização do curso. A pedagoga do Senar, Regiane Hornung, agradeceu a oportunidade de participar da apresentação de trabalhos dos alunos. Destacou a importância das parcerias para somar conhecimentos para a área e também com temas tratados em sala de aula no CAAR.

Felipe Preto, supervisor regional do Senar, registrou que o momento era significativo para o Senar e a Regional em seu trabalho direto com os alunos e com resultados que refletem objetivos traçados. Também participou da mesa de abertura das apresentações do curso Marco Kudrik, da Seção de Produção e Armazenamento da Fazenda Escola Capão da Onça (Fescon) da UEPG. A Fazenda Escola oferece espaços para as aulas práticas do curso. O curso teve aulas nas sextas-feiras e aos sábados. O diretor do CAAR ressaltou que o colégio já se movimenta para verificar junto aos alunos o interesse na participação da edição 2018 do curso.

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG