Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

« voltar

07/12/2017 - 17h49 / Atualizada 07/12/2017 - 17h54



Programa de Energias Renováveis é tema de reunião na SETI


por Assessoria de Imprensa

 

O diretor geral da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Décio Sperandio esteve reunido com os reitores das universidades estaduais e com representantes da Secretaria de Planejamento e Coordenação Geral (Sepl), para analisar a proposta de novas estratégias para o Programa Paranaense de Energias Renováveis.

O projeto tem a finalidade de contribuir para o desenvolvimento sustentável do Paraná com ações que estimulem a produção de energia oriunda de fontes renováveis em especial de biomassa, eólica e solar.

Segundo o coordenador de Desenvolvimento Industrial e Comercial da (Sepl), Jorge Guerra o projeto será desenvolvido por subcomitês temáticos das energias renováveis e a participação das universidades será importante para o compartilhamento e desenvolvimento de novas pesquisas relacionadas ao setor energia. “Com o programa queremos integrar todos os segmentos do Estado que podem incentivar e estimular a produção de energia renovável. As universidades estaduais desenvolvem pesquisas e estudos na área que poderão ser apoiadas e compartilhadas”, afirmou.

 Décio Sperandio ressaltou as atividades desenvolvidas pelo programa Smart Energy Paraná, vinculado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e coordenado pelo Tecpar. “O programa vem consolidando a competência do Paraná em geração distribuída por fontes de energias renováveis conectadas a redes inteligentes”, disse.

Complementou falando dos estudos e dissertações desenvolvidos no programa de Mestrado em Bioenergia que é desenvolvido em rede pelas universidades estaduais de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), de Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (UNIOESTE), do Centro-Oeste (Unicentro), juntamente com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR). 

“As pesquisas desenvolvidas pelo estudantes e professores do Programa de Mestrado em Bionergia estão ligadas à necessidade de preservação do ambiente e ao estímulo de um desenvolvimento sustentável do Estado e da região”, ressaltou. O diretor geral complementou dizendo que o Sistema Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior pode contribuir para o avanço do programa. “Precisamos investir na geração de energia limpa e renovável. Isso faz com que o Paraná se torne referência para outros estados”.

Participaram da reunião, o diretor geral da Seti, Décio Sperandio, o coordenador de Desenvolvimento Industrial e Comercial da (Selp), Jorge Guerra; o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e presidente da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior Público (Apiesp), Carlos Luciano Vargas; a reitora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Berenice Jordão; o reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Mauro Baesso; a reitora da Universidade Estadual do Norte do Paraná ( UENP), Fatima Padoan; o vice-reitor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Moacir Piffer; o vice-reitor da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), Osmar Ambrosio de Souza; o vice-reitor da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Sydney Kempa; os representantes da Sepl, Adriana Cordeiro, Ernani Neto e Mario Figueiredo.

fonte: www.seti.pr.gov.br

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2017 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG