Sexta-feira, 20 de julho de 2018

« voltar

13/12/2017 - 17h02 / Atualizada 13/12/2017 - 17h12



Projeto estimula alunos a conhecerem Parque dos Campos Gerais


por Assessoria de Imprensa

Mais de 1000 alunos de doze escolas do primeiro ciclo do ensino fundamental de Ponta Grossa receberam neste bimestre a visita de profissionais de turismo e do ICMBio – Instituto Chico Mendes de Biodiversidade – para atividades de orientação sobre o Parque Nacional dos Campos Gerais. Com previsão de distribuição de cerca de 30 mil cartilhas e palestras contínuas de formação de professores, o projeto Conhecendo o Patrimônio do Parque Nacional dos Campos Gerais aprovado pela Secretaria de Cultura do Governo do Paraná através do PROFICE, com o apoio da Copel e dos Supermercados Tozetto, pretende começar pelas crianças o trabalho de conhecimento, valorização e conscientização sobre o patrimônio natural dos Campos Gerais.

O projeto foi proposto pela professora do curso de Turismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) Jasmine Cardozo Moreira. “Apesar de o Parque Nacional do Campos Gerais ser uma unidade de conservação criada em 2006 para proteger os recursos naturais da região, notamos que muitas pessoas não sabem da sua existência e desconhecem aspectos naturais e mesmo culturais da região onde vivem”, explica. Esse conhecimento, segundo ela, é essencial tanto para a conservação, quanto para o entendimento da identidade cultural regional.

Uma das iniciativas do projeto foi a produção de uma cartilha de 20 páginas, explicando o que é o Parque Nacional dos Campos Gerais, qual sua fauna e flora e outros atrativos da região. A cartilha é repleta de atividades, no intuito de que a criança aprenda brincando.

“Muitas crianças nunca tinham ouvido falar em animais que temos na região, como o logo-guará, a cutia, a suçuarana, a curucaca, a gralha-azul e o tamanduá-bandeira. Também desconheciam que plantas como o “cacto-bola e a flor “rainha do abismo” só existem aqui e estão ameaçadas de extinção”, conta a turismóloga Bárbara Cristina Leite, que percorreu as escolas. Ela também notou que depois das atividades, as crianças ficaram mais curiosas em visitar ou revisitar as áreas que integram o parque.

Entre as regiões do Parque algumas fazem parte do inventário turístico da região e são bastante conhecidas pelo público, como a Cachoeira da Mariquinha, a Cachoeira do Rio São Jorge, o Buraco do Padre, o Capão da Onça e as Furnas Gêmeas.

Para a chefe do Parque Nacional dos Campos Gerais, Lilian Miranda Garcia, a iniciativa é imprescindível. “Recebemos as cartilhas do projeto e estamos fazendo um trabalho bastante criterioso, que leva formação aos professores de cada escola, propõe jogos com as crianças e o estudo e desenvolvimento da cartilha”, explica. As atividades serão retomadas em 2018.

A coordenadora do Ensino Fundamental I da Escola Desafio, Andreia Cristine Justus Shigemori, conta que o projeto possibilitou às crianças um olhar diferenciado ao nosso patrimônio natural. “Certamente quando elas visitarem esses locais estarão muito mais atentas buscando reconhecer a fauna e a flora e cuidando do ambiente”, assinala.

Texto: ABC Projetos

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2018 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG