Terça-feira, 22 de maio de 2018

« voltar

02/02/2018 - 15h42 / Atualizada 02/02/2018 - 16h40



Hospital Universitário realizou 2,6 mil partos em 2017


Início das obras da nova ala da maternidade terá solenidade em 5 de fevereiro, às 16h, no saguão do Hospital Universitário (HU-UEPG), com presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros


por Assessoria de Imprensa

Em 2017, a Maternidade do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HU-UEPG) realizou 2.636 partos, conforme estatística divulgada pelo setor de Clínica Obstetrícia do hospital. Os números ainda mostram uma taxa de 67,95% (1.741) de partos normais; e média de 32,05% (845) de cesáreas, índice que chegou a cair para 22% nos meses finais do ano. No período, o HU registra ainda taxas de 0% de mortalidade neonatal e de mortalidade materna.

A estatística traz um número de 3.687 internamentos no setor de obstetrícia, sendo 3.462 internamentos na maternidade (3.117 cirúrgicos, 345 clínicos); 225 no berçário (neonatologia); 28 transferências internas; 23 transferências externas e 45 reinternamentos. A média de permanência no internamento é de 2,5 dias, com taxa de ocupação média de 61,77% da capacidade da maternidade. Foram 728 partos normais em primíparas (primeiro parto) e 320 cesáreas. A taxa de episiotomias (incisão na região do períneo) foi de 20,26%; e de lacerações (rompimento de tecidos), 39,75%.

O diretor geral do HU, Everson Augusto Krum, destaca que esses são alguns dados que refletem o trabalho desenvolvido na Maternidade do HU, em atividade desde julho de 2016. Com 32 leitos, o HU passou a atender as gestantes da região, disponibilizando ainda uma série de serviços dentro da classificação do Programa Rede Mãe Paranaense, com atendimento em risco habitual e risco intermediário. “A redução do número de cesáreas é a conquista maior nesse período, como resultado de uma política de humanização do atendimento no hospital”, diz.

“A qualidade no atendimento é a nossa meta e vamos seguir nessa linha para melhorarmos ainda mais nossos índices”, diz o diretor do HU-UEPG, destacando o início das obras da nova ala da Maternidade do HU, que terá solenidade nesta segunda-feira (5), com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros; da vice-governadora, Cida Borguetti; e do deputado federal Aliel Machado, entre outras autoridades. Aliel Machado é autor da emenda orçamentária no valor de R$ 4 milhões para a construção da nova ala. Na licitação, a UEPG obteve economia de 18,35%. A empresa BC1 Pré Moldados e Construções Civil venceu a concorrência com o valor de R$ 3.394.957, 75.

A nova maternidade terá dois pavimentos em concreto armado, com área total de 1.306,77 metros quadrados, contendo 20 leitos (10 quartos), sala para atendimento de emergência e consultórios obstétricos. Além da edificação principal está prevista uma ampliação de 481 metros quadrados de área para estacionamento. Toda a calçada de acesso ao HU será refeita para eliminar irregularidades, incluir novas rampas no meio fio e colocação de piso podotátil, para acessibilidade. O prazo para conclusão é de 15 meses, a partir da expedição da ordem de serviço.

O deputado Aliel Machado considera a emenda orçamentária para a construção da nova ala da Maternidade do HU a mais importante conquista do seu mandato na Câmara Federal. Ele lembra dos casos de óbitos de crianças e mães na região que poderiam ser evitados se houvesse atendimento adequado, situação minimizada a partir do serviço prestado pelo Hospital Universitário. “Com a nova maternidade, mães e bebês vão ter atendimento ainda mais qualificado”, diz. O deputado já se compromete em viabilizar a aquisição de equipamentos para a maternidade, com os recursos economizados na licitação da obra.

CONSÓRCIO DE SAÚDE

Na sequência da solenidade de início das obras da nova ala da maternidade do HU, o ministro Ricardo Barros participa de reunião com prefeitos e gestores de saúde da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), às 17 horas, no auditório do hospital. Serão repassados cerca de R$ 1,7 milhão para o Consórcio Intermunicipal de Saúde da região. O ato terá também a presença dos deputados federais Sandro Alex e Aliel Machado que ao longo dos últimos anos têm trazido recursos para obras e equipamentos para hospitais e prefeituras da região.

Integram o Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Campos Gerais, os municípios da 3ª Regional de Saúde (Arapoti, Carambeí, Castro, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, São João do Triunfo e Sengés) e da 21ª Regional de Saúde (Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania).

Na segunda-feira em Ponta Grossa, o ministro Ricardo Barros também participa dos anúncios de aquisição de um acelerador linear com casamata e de repasse de recursos de custeio para a Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa, por intermédio do deputado federal Sandro Alex. A solenidade está marcada para as 15h, na Santa Casa.

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2018 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG