Terça-feira, 22 de maio de 2018

« voltar

15/05/2018 - 16h56 / Atualizada 15/05/2018 - 17h04



Seminário debate avanços e desafios da luta antimanicomial


por Assessoria de Imprensa

 

Nesta terça-feira (15), o curso de Psicologia do Centro de Ensino Superior dos Campos Gerias (Cescage) promoveu o II Seminário da Luta Antimanicomial: Avanços e Desafios. O evento busca debater o campo da saúde mental, as dificuldades, potencialidades e perspectivas da Rede de Atenção Psicossocial (RAP); apoiar a luta antimanicomial com vistas a identificar os avanços, desafios e perspectivas regionais e brasileiras da área; e reafirmar o apoio dos profissionais, familiares e usuários da RAP à luta. A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) figura entre os parceiros do evento.

A abertura do evento aconteceu no Sindicato dos Servidores de Ponta Grossa (SindServ). Participaram cerimônia a coordenadora de Gestão Acadêmica do Cescage, Rosa Hoffman; a organizadora do seminário, Inea Giovana Silva-Arioli; a pró-reitora de Extensão e Assuntos Culturais da UEPG, Marilisa do Rocio Oliveira; a secretária municipal de Saúde, Angela Pompeu; o chefe da 3ª Regional de Saúde, Isaias Cantóia; e representantes dos Conselhos Municipais de Saúde e Políticas Públicas sobre Drogas.

Representando a organização do evento, Inea Silva-Arioli destacou que o Seminário tem por objetivo pensar e discutir a Rede de Atenção Psicossocial, pensar em saídas para os desafios que enfrentam atualmente e aqueles que vêm enfrentado nos últimos 30 anos. Já Rosa Hoffman ressaltou que discutir sobre a luta antimanicomial é muito importante e merece o apoio de todas as instituições, principalmente das ligadas ao ensino, para transformar a sociedade através da educação.          

Para a pró-reitora da UEPG, eventos como o Seminário da Luta Antimanicomial são importantes para toda a cidade. Demonstra a preocupação com a saúde e bem-estar, além  de reforçar o poder de mudar a situação e buscar soluções, ao menos para o município e região dos Campos Gerias. A secretária de Saúde e o chefe da 3ª Regional salientaram os bons resultados que a junção do ensino, gestão e serviço trazem ao município.

Após a cerimônia de abertura, os participantes puderam acompanhar o debate “Do Holocausto brasileiro à formação da Rede de Atenção Psicossocial”, com representantes da saúde, da assistência social, da educação e familiares de usuários da RAPs.

No período da noite, na Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), os inscritos podem participar da palestra “Da utopia ao concreto: os desafios contemporâneos da Saúde Mental, com o Silvio Yasui, psicólogo, doutor em Saúde Pública e professor da Universidade Estadual Paulista (Unesp); Altieres Edemar Frei, representante da Associação Brasileira de Saúde Mental (Abrasme) e representantes dos usuários da RAPs.

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2018 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG