Sexta-feira, 22 de junho de 2018

« voltar

12/06/2018 - 10h27 / Atualizada 13/06/2018 - 14h20



Aluno do doutorado em Agronomia recebe prêmio em congresso


Com o trabalho “Ciclagem de nitrogênio, fósforo e potássio em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária no Centro-Sul do Paraná”, Sandoval Carpinelli conquistou o Prêmio Trabalho Destaque em evento da área realizado no Mato Grosso


por Marilia Woiciechowski

O aluno do curso de doutorado em Agronomia da UEPG, Sandoval Carpinelli, conquistou o Prêmio Trabalho Destaque no II Congresso Brasileiro de Sistemas Integrados de Produção Agropecuária (CBSIPA), realizado, de 04 a 08 de junho de 2018, em Rondonópolis, Mato Grosso. O título do trabalho é “Ciclagem de nitrogênio, fósforo e potássio em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária no Centro-Sul do Paraná”. A finalidade do CBSIPA foi agrupar o setor acadêmico (pesquisadores e, estudantes de graduação e pós-graduação) e o setor produtivo em um único evento, para fazer uma reflexão dos avanços obtidos com a adoção dos sistemas integrados de produção agropecuária e discutir o futuro desses sistemas. O aluno é bolsista da Capes (Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). com uma agricultura produtiva e sustentável.

Com graduação em Agronomia pelas pela Cescage (Faculdades Integradas dos Campos Gerais), Carpinelli fez mestrado e cursa doutorado em Agronomia, sob orientação do professor Adriel Ferreira da Fonseca, diretor de pós-graduação da UEPG. O aluno também foi co-orientado por Laise da Silveira Pontes, pesquisadora do Iapar - Fazenda Modelo, e professora do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UEPG; e por Tangriani Simioni Assmann, professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Sobre o tema premiado, Carpinelli observa que, no trabalho, os pontos destacados foram quantificar a liberação de nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K), a partir do resíduo de uma pastagem anual de inverno (aveia preta consorciada com azevém anual), para a cultura da soja em dois distintos sistemas integrados de produção agropecuária (SIPA), Boi-soja e boi-soja-floresta.

Integração, Prêmio, Contribuição

O aluno registra a importância da participação em eventos do gênero porque promove a integração entre a academia, os profissionais e os produtores rurais que trabalham com a temática. Além de promover discussões interdisciplinares e transdisciplinares entre as diversas áreas dos conhecimentos (agronomia, zootecnia, medicina veterinária, engenharia florestal, entre outras) necessárias para a construção da ciência e difusão de tecnologias em sistemas integrados. Ele diz que o prêmio é um selo de aprovação do trabalho desenvolvido em equipe por meses. “Essa conquista é apenas o reflexo do compromisso de toda a equipe por buscar, organizar e compreender a atual demanda e retribuir com algo novo para a atual ciência.

Sandoval Carpinelli ressalta a presença do orientador Adriel da Fonseca como de fundamental importância para o sucesso do trabalho. Isso porque se trata de contribuição singular, complexa e rica em detalhes que resultada em dissertações e teses que contribuem para a sistematização e consolidação do conhecimento científico na área. Ainda pontua a participação da professora Laíse como primordial para a excelência do trabalho. “A contribuição técnica da professora resultou em avanços produtivos para a conclusão do trabalho”, diz o aluno, acrescentando que “o trabalho foi realizado em parceria entre a UEPG, UTFPR; Iapar, Embrapa e Fundação Capes”. Carpinelli frisa a importância da participação dos alunos em eventos relacionados a ciências agrárias. “A área agrícola tem uma grande responsabilidade de oferecer tecnologias mais sustentáveis que vão contribuir para a otimização da produção regional”.

Para Sandoval, os envolvidos com a área agrícola devem se integrar e participar de eventos de atualização e qualificação porque o conhecimento de sistemas integrados de produção agropecuária mais sustentável pode se utilizada como um meio de estimular os mercados a valorizar práticas que preservam o meio ambiente, inclusive com diferenciais de mercado. Trata-se de eventos que, como registra, são pensados e idealizados na certeza da exaltação do agente transformador, que é o profissional, o ser humano, que busca cotidianamente seu aperfeiçoamento, no sentido de trazer inovações para o aprimoramento de suas atividades e o setor produtivo. Ele define o prêmio obtido no congresso como uma retribuição pelo serviço prestado, uma recompensa e um estimulo para continuar na pesquisa que trará uma grande contribuição para o Brasil continuar com uma agricultura produtiva e sustentável.

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2018 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG