Domingo, 18 de novembro de 2018

« voltar

12/09/2018 - 20h06 / Atualizada 13/09/2018 - 15h22



Professores conquistam Prêmio Brasil de Economia


Com o trabalho “Desenvolvimento e subdesenvolvimento humano no Brasil”, Jandir Ferrera de Lima e Augusta Pelinski Raiher conquistaram o primeiro lugar na categoria artigo técnico ou científico, no XXIV Prêmio Brasil de Economia


por Marilia Woiciechowski

A professora Augusta Pelinski Raiher, do Departamento de Economia da UEPG, e o economista Jandir Ferrera de Lima, professor dos Programas de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento Regional e Agronegócio (mestrado e doutorado) da Unioeste (universidade Estadual do Oeste do Paraná), conquistaram com o trabalho “Desenvolvimento e subdesenvolvimento humano no Brasil”, o primeiro lugar na categoria artigo técnico ou científico, no XXIV Prêmio Brasil de Economia, organizado pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon). A atribuição do Prêmio Brasil de Economia visa estimular a reflexão crítica sobre a Economia como ramo de conhecimento, primando por seu caráter aplicado, especialmente nas questões ligadas a aspectos econômicos, sociais e regionais da sociedade brasileira e a sua inter-relação com o exercício da profissão de economista.

A edição de 2018 do Prêmio destacou os melhores trabalhos nas categorias Livros de Economia, Tese de Doutorado, Dissertação de Mestrado, Artigo Técnico ou Artigo Científico, e Monografia ou trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Ciências Econômicas. Ao todo foram distribuídos R$ 26 mil em prêmios. Por conquistar o primeiro lugar com o artigo, Jandir de Lima e Augusta Raiher receberam R$ 3 mil reais. Considerando que o Prêmio volta-se para a disseminação do conhecimento econômico e a promoção de estudos técnicos, a professora Augusta Raiher diz que ganhar um prêmio de reconhecimento nacional se constitui em motivação por ter em sua essência reconhecido um caminho de oito anos como professora e pesquisadora da UEPG.

Para a professora Augusta, que também integra o Programa de Pós-Graduação em Economia e Pós-Graduação em Ciências Sociais da UEPG, o prêmio é um impulso para se persistir ainda mais em direção à pesquisa na área social, na qual se busca não somente gerar conhecimento nos temas da região, mas buscar o bem-estar da população. Doutora em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ela diz que “foi uma surpresa e recompensador o momento da conquista do prêmio – que surge como um incentivo para a continuidade das pesquisas envolvendo todo o corpo acadêmico da área”. Ressalta que o prêmio assinala que as pesquisas desenvolvidas na área de economia social estão no caminho certo. Jandir de Lima explica, que Augusta foi sua orientanda no mestrado em Desenvovimento Regional e Agronegócio pela Unioeste, em 2007, e desde então, desenvolvem uma série de trabalhos em conjunto. São trabalhos focados na temática do desenvolvimento econômico, regional, humano e seus desdobramentos.

Reconhecimento pela Produção Científica

Doutor em Desenvolvimento Regional pela Universidade do Quebéc (Canada) e mestre em Economia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), o pesquisador observa que o texto que deu origem à premiação foi publicado originalmente numa revista internacional. “A temática desse texto é sobre a evolução ao longo do tempo do desenvolvimento nos municípios brasileiros”, registra o professor, acrescentando que também é a direção que, juntamente com Augusta, vem trabalhando. Para ele, o prêmio é um reconhecimento pela produção científica, que tem desenvolvimento na parceria entre a Unioeste e a UEPG. Também é o reconhecimento do potencial que ambas as instituições têm em termos de pesquisa, desenvolvimento e contribuição com a sociedade em geral.

Profissionalmente, Jandir assinala que o prêmio ainda traduz a valorização pelo trabalho técnico que caracteriza as ações que ele e a professora Augusta realizam junto aos grupos de pesquisa na Unioeste e na UEPG. O professor ainda salienta que, além dessa premiação nacional, eles também receberam prêmios regionais, a exemplo do Corecon do Paraná e do Prêmio BRDE em diversas edições. Com satisfação pela conquista do Prêmio Brasil de Economia, o pesquisador acentua que o trabalho concorreu com diversos outros centros de pesquisa do Brasil, alguns deles localizados em universidades tradicionais.  

A relação dos ganhadores do XXIV Prêmio Brasil de Economia está disponível em (http://www.cofecon.gov.br/2018/09/12/conheca-os-vencedores-do-xxiv-premio-brasil-de-economia/).

 

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2018 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG