Sábado, 23 de fevereiro de 2019

« voltar

28/01/2019 - 08h29 / Atualizada 28/01/2019 - 08h32



UEPG e Operário firmam contrato para construção de CT


Termo foi assinado neste domingo (27) no Estádio Germano Krüguer. Obras começam nos próximos dias


por Afonso Ferreira Verner

O reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), professor Miguel Sanches Neto, assinou neste domingo (27) o termo de cooperação com o Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC). O documento, assinado no Estádio Germano Krüguer após a vitória do Fantasma sobre o Cascavel Clube Recreativo pelo Campeonato Paranaense 2019, trata da construção de um Centro de Treinamento (CT) no Campus de Uvaranas.

Durante a assinatura do termo, Sanches Neto destacou a importância da parceria entre a Universidade e o Clube. "A UEPG será a primeira universidade pública brasileira a sediar um Centro de Treinamento de um time de futebol. Além da importância social, essa parceria terá um papel fundamental para a constituição de um forte campo de estágio e estudo para os nossos estudantes", explicou Miguel.

O presidente do Grupo Gestor do Operário, Álvaro Góes, agradeceu o apoio da UEPG e ressaltou a importância do novo CT para os planos do Operário. "Em seis meses queremos ter um campo para o Gersinho [Gerson Gusmão, técnico] estar treinando a equipe. Em 2020, quem estiver na Série A e B e não tiver um Centro de Treinamento receberá punições. Um clube como o Operário merece esse importante avanço", destacou Góes.

A assinatura do documento também contou com a presença do presidente do Operário, David Aroldo Nascimento, e da deputada estadual, Mabel Canto (PSC), além do técnico do Fantasma, Gerson Gusmão, o Gersinho. A parceria prevê a construção de novos campos profissionais no Campus, além da reforma e ampliação da estrutura já existente, e de outras estruturas que irão compor a estrutura do CT.

Importância acadêmica e social

Durante a assinatura do termo, o reitor da UEPG destacou ainda a importância da construção do CT para o Operário, a Universidade e para a comunidade. "Esse é um passo muito importante não só para o campo acadêmico, como também para a população de Ponta Grossa. São duas marcas muito importantes, de um lado um clube centenário como o Operário, de outro a UEPG que completa 50 anos em 2019", apontou o reitor.

Sanches Neto ressaltou ainda que tanto a história do Operário, criado em 1912, como a trajetória da UEPG se confundem com a história de Ponta Grossa. "Juntos, UEPG e Operário, trarão um avanço significativo para o campo acadêmico e para o esporte na cidade e da região. São duas instituições que projetam a cidade e vão fazer isso de forma mais intensa a partir de agora", avaliou Miguel.

Universidade 'aberta' e acessível

Miguel lembrou ainda do compromisso em "abrir" a Universidade à comunidade de Ponta Grossa e dos Campos Gerais, como forma de envolver a população com o que é produzido dentro da UEPG. "Temos esse compromisso de tornar a Universidade mais acessível e, de fato, mais ligada à comunidade. A construção do CT também é um passo importante neste sentido", contou o reitor.

 

* Imagens de José Tramontin / OFEC

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2019 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG