Quarta-feira, 22 de maio de 2019

« voltar

14/05/2019 - 18h17 / Atualizada 15/05/2019 - 17h10



Lançamento do acervo de Wanda Horta abre 7ª Semana de Enfermagem


por Luciane Pereira da Silva Navarro

O Museu Campos Gerais lançou na noite de ontem (13) a exposição do acervo de Wanda Aguiar Horta, referência para a enfermagem no Brasil e no mundo. Os documentos e objetos doados pela professora Sandra Maria Bastos Pires integram agora a exposição “Salus: Histórias da Saúde”. O lançamento deste novo módulo marcou a abertura da 7ª Semana de Enfermagem da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

         Cloris Regina Grden, Pró-reitora de Extensão e Assuntos Culturais, uma das idealizadoras do evento, destaca o viés cultural desta edição da Semana. “Propus ao professor Niltonci Chaves e à professora Carla Silva a realização de uma semana de enfermagem diferente, com a apresentação do acervo da Wanda, que é uma referência para nós. Este formato de abertura oportunizou aos alunos conhecer o museu e ter contato com a arte e a cultura e a história da enfermagem”.

       Além do aspecto cultural, a coordenadora do evento, professora Carla Luiza da Silva, destacou durante a abertura, a importância da organização conjunta. “A semana de enfermagem só se concretizou com a união de todos: UEPG, Hospital Universitário, Prefeitura de Ponta Grossa, professores e alunos do curso de Semana Enfermagem”.

Acervo

A vida e obra de Wanda Aguiar Horta foram objeto de estudo do mestrado da professora Sandra Bastos Pires, que leciona no curso de Enfermagem. “Como o trabalho dela foi tema da minha pesquisa, me interessei pelo acervo e fiz contato familiares que residem em Ponta Grossa e em Curitiba”, afirma. “Em fevereiro, quando a professora Cloris Grden perguntou aos professores do curso de enfermagem se alguém tinha algum material histórico para o Museu, eu fiz a doação do arquivo que estava sob minha guarda”, explica.

O acervo é composto por documentos pessoais e acadêmicos, além de objetos pessoais e profissionais. Certificados, equipamentos, fotos, anotações de pesquisas e até uma caixinha de música estão expostos. “O acervo que está em exposição é eclético, nele podemos perceber a Wanda Aguiar Horta referência mundial para a enfermagem e também Wanda mulher de família, dona de casa”, afirma o diretor do Museu Campos Gerais, Niltonci Chaves. “Com muito orgulho recebemos o acervo de Wanda Horta, uma grande expressão na área de enfermagem, curso de grande expressão na nossa instituição. Esta exposição é muito importante também pelo grande trabalho que ela fez pela saúde pública, especialmente no Paraná”, afirma o vice-reitor Everson Krum.

Sobre Wanda Aguiar

Wanda Cardoso Aguiar nasceu em 11 de agosto de 1926, em Belém, Pará. O pai, Alberico Hesketh de Aguiar, era militar e foi transferido para Ponta Grossa em 1936. Em 1937, Wanda ingressa no ensino fundamental do Colégio Regente Feijó, onde cursa também o ginásio e curso complementar Pré-Médico. “A opção por esse curso mostra que, desde a adolescência, a sua escolha foi pela área da saúde”, afirma a pesquisadora Sandra Maria Bastos Pires no texto Fragmentos da trajetória pessoal e profissional de Wanda Horta: contribuições para a área da enfermagem.

Em 1953, licenciou-se em História Natural, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Paraná. Em 1962, sua Pós-Graduação foi em Pedagogia e Didática Aplicada à Enfermagem, pela Escola de Enfermagem da USP. Fez o Doutorado em Enfermagem na Escola de Enfermagem Ana Néri, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com a tese intitulada “A observação sistematizada na identificação dos problemas de enfermagem em seus aspectos físicos”. Cursou Livre Docência em Fundamentos de Enfermagem, na Escola de Enfermagem Anna Néry, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi certificada em 31 de outubro de 1968.

A professora Sandra Maria Bastos explica que Wanda Horta foi primeira teorista brasileira. A sua Teoria das Necessidades Humanas Básicas é uma das principais da enfermagem até hoje. “Esta teoria afirma que a enfermagem deve cuidar do paciente de forma holística, entendendo mente corpo e espírito. Se o corpo e a mente estão doentes, a pessoa está doente”, enfatiza.

Projeção Internacional

Em 1973, nos Estados Unidos, Wanda Horta participou da reunião do Comitê Assessor sobre Fundamentos de Enfermagem (Introdução à Enfermagem) e da elaboração do Informe Científico, em Washington. De 20 de setembro a 17 de dezembro de 1960, visitou a escola de enfermagem “Schweizerische Pflegerinnenschule mit Krankenjaus”, em Zurique.

Em Portugal, proferiu palestra sobre “Enfermagem: Teoria, Conceitos, Princípios e Processo” no Instituto Português de Ongologia Francisco Gentil, em Lisboa, em 21 de novembro de 1973. Participou do planejamento e organização do Curso sobre “Consulta de Enfermagem” em Lisboa, em novembro de 1973. Wanda foi membro efetivo do I Congresso Nacional de Enfermagem, promovido pela Associação Católica dos Profissionais de Enfermagem e Saúde, Associação das Enfermeiras e dos Enfermeiros Portugueses e Federação Nacional dos Sindicatos Nacionais dos Profissionais de Enfermagem, em Lisboa, de 12 a 17 de novembro de 1973.

Em Lisboa, Wanda foi membro da mesa da 2ª Sessão Plenária do I Congresso Nacional de Enfermagem, em 14 de novembro de 1973. Em 13 de novembro do mesmo ano, apresentou a Comunicação Livre “Enfermagem: teoria, conceitos, princípios e processo” no I Congresso Nacional de Enfermagem.

 Fotos: Luciane Navarro

 

 

 

 

 

 

 

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2019 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG