Quarta-feira, 19 de junho de 2019

« voltar

31/05/2019 - 16h50 / Atualizada 31/05/2019 - 17h29



Organização divulga shows que encerram as noites do 32º FUC


por Luciane Pereira da Silva Navarro

A Diretoria de Assuntos Culturais da Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Culturais da UEPG divulga hoje (31) os shows que fecham as noites do 32º Festival Universitário da Canção. Na abertura, em 13 de junho, o público prestigia a banda ponta-grossense “A Coisa”. A noite de sexta, 14 de junho, fica por conta do Quartetto Sentinela de Minas Gerais. No sábado, 15 de junho, o show de encerramento, durante a grande final, será com o maestro Wagner Tiso. No espetáculo em comemoração aos seus 60 anos de carreira, Tiso divide o palco com os convidados India Tiso e Marcio Malard. 

Sandra Borsoi, coordenadora do Festival, enfatiza que a Banda de Wagner Tiso foi selecionada por ser um dos grandes nomes no cenário nacional da música brasileira. “Ele é considerado um patrimônio da música mineira, brasileira e internacional. Tiso toca com Milton Nascimento e outros grandes, sua história é ludibriante e a sinergia vem junto com Márcio Malard é seguramente um dos violoncelistas brasileiros que mais ocupou a cadeira de primeiro violoncelista de uma orquestra sinfônica”. Ela diz que, ao conversar com Wagner sobre o Festival, ele ficou muito empolgado. “Ele fez questão de estar conosco, ampliando o show com a grande cantora India Tiso, compositora e arranjadora que transita da MPB ao Blues, do Choro ao Rock”, complementa Borsoi.

Seleção

De acordo Borsoi, os shows foram selecionados pela relevância cultural e histórica para o 32° FUC. “O show do grupo A Coisa, banda ponta-grossense que abre o FUC no dia 13 de junho, traz em seu repertório musica autorais que resgatam memórias, vivências afetivas do FUC”, detalha Borsoi.  Os artistas abordam temas relacionados à criação de identidade das bandas. “A banda traz uma sonoridade muito própria, transforma o que ouvimos, proporciona uma grande experiência no ouvir e sentir”, completa Borsoi.

“Na segunda noite, dia 14 de junho, teremos o Quartetto Sentinela, uma banda mineira na qual parte do grupo toca com Milton Nascimento, uma das maiores referências da música popular brasileira”, enaltece. Borsoi afirma que a banda, que tem muitos anos de estrada, traz composições autorais que evidenciam a riqueza do cancioneiro mineiro. “A banda traz uma identidade própria e acredito que irá encantar quem estiver participando do 32° FUC”, diz.

Ingressos    

Os ingressos para a mostra competitiva e shows do FUC estarão à venda a R$20, a partir do dia 10 de junho, na sede da Proex, Rua Sant’Ana, 1019 - Centro de Ponta Grossa. A meia entrada será comercializada a R$10 e estudantes que apresentarem a carteirinha e documento oficial com foto pagam R$5.

Mais sobre Wagner Tiso

Ao longo de 60 anos de carreira, o pianista, regente, compositor e arranjador, foi um dos responsáveis pela criação do Clube da Esquina, tocou e orquestrou para mais de 150 intérpretes diferentes, dentre eles, todos os grandes nomes da música popular brasileira. Apresentou-se em quase todos os países do mundo e hoje, tem uma obra com mais de 30 álbuns, inúmeras trilhas para cinema, TV e teatro, 2 peças sinfônicas completas e quase 200 arranjos musicais.

Wagner, ao longo da sua vida, morou em vários países, onde também fez participações musicais com diversos artistas e orquestras sinfônicas locais. Gravou 3 discos na Suíça, e em 1974, participou da gravação do LP Flora Purim em Montreux, no mesmo país. Também gravou Native dancer, de Wayne Shorter, em Los Angeles. Morou na Espanha entre 1988 e 1989 e, em Portugal, por inúmeras vezes entre 1972 e 2000. Tocou com o Quinteto de Cello por toda Europa, como Dinamarca, Alemanha, Paris.

Marcio Malard

Marcio Malard talvez seja o violoncelista que mais tempo atuou como líder na Orquestra Sinfônica Brasileira, 38 anos, tempo suficiente para conviver com grandes regentes e artistas legendários; Charles Dutoit, Eduardo Matta, Kurt Sanderling, Kurt Mazur, Antonio Janigro, Pierre Fournier, Leonard Rose, Janos Starker Paul Tortelier, Rostropovich, C. Arrau, Arnaldo Estrella, Mariuccia Iacovinno, Iberê Gomes Grosso; este último seu grande mestre que – além das inesquecíveis lições musicais – foi quem lhe indicou para substituí-lo no Quarteto da Guanabara, na ocasião do lamentável acidente que culminou com a morte do grande músico. Desde então são 35 anos de Quarteto da Guanabara.

A coisa

Formada em 2008, com influências diversificadas, A Coisa tenta fugir de rótulos musicais sem se prender a nenhum estilo e mesclando essa diversidade no som,na poesia e nos timbres. Participou de vários festivais como Fuc, Easy Road, e atua na cena cultural da cidade. Em 2018, lançou o primeiro disco com várias canções que já estão no inconsciente princesino.  “Eles conseguem uma sonoridade muito bacana, com arranjos arrojados, para grandes sucessos de Belchior, por exemplo. Secos e Molhados também ganhou nova roupagem com o grupo. Um pessoal que faz música inteligente”, afirma o músico Athon Gallera, que colaborou com a DAC na seleção dos shows.

Sobre o Quartetto

O Quartetto Sentinela, banda do sul de Minas Gerais com 13 anos de trajetória, lançou em 2019 seu primeiro álbum autoral com participações de Wagner Tiso, Renato Braz, Tadeu Franco, Ivan Vilela, Kiko Continentino, Esdra Neném, entre instrumentistas e intérpretes de sua região. O repertório traz algumas releituras como as de Anabela, Rua Ramalhete e Meu Ninho que entrelaçadas às suas composições e linguagem mineira, se comunica e agrada o exigente público da MPB. Distribuído pela Tratore nos formatos físico e digital, o CD está entre os mais ouvidos desde seu lançamento na plataforma e já chegou ao Japão e Reino Unido além dos melhores pontos no Brasil e todas plataformas digitais. O show de lançamento ocorreu no lendário Teatro João Caetano no Rio de Janeiro com participação de Wagner Tiso, casa cheia e segue pra Campinas (Teatro Castro Mendes) e outras cidades do interior de São Paulo e Minas Gerais. O Quartetto também teve a oportunidade de mostrar seu novo trabalho no renomado programa Sr Brasil de Rolando Boldrin na TV Cultura, que foi ao ar dia 5 de maio de 2019.

 

Campus Uvaranas - Av. General Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - GPS: 25°5'23"S 50°6'23"W
Campus Central - Praça Santos Andrade, 1 - GPS: 25°5'11"S 50°9'39"W
Fone: (42) 3220-3000 / 3220-3300 - Ponta Grossa - Paraná
Copyright © 1996-2019 - Núcleo de Tecnologia de Informação - UEPG